A cultura do vinho e as excelências gastronômicas serão matérias de estudo nas escolas italianas

A proposta de lei amplamente apoiada por todos os grupos políticos, que estabelece o ensino da história e cultura do vinho e excelências gastronômicas italianas como tema de educação cívica e que será usada para a promoção do setor enogastronômico.

A proposta, co-assinada pelo Presidente da Comissão de Agricultura, Filippo Gallinella e amplamente partilhada pelos representantes de todos os grupos parlamentares, foi atribuída às Comissões responsáveis pela sua aprovação. O estabelecimento de um Dia Nacional de comida italiana e excelências de vinho é planejado. Além disso, um núcleo de coordenação de excelências italianas de alimentos e vinhos será criado ao nível ministerial para sublinhar e apoiar a importância e o valor da Dieta Mediterrânea como modelo cultural e social. O projeto prevê que a Itália apóie a pesquisa tecnológica aplicada ao setor de vinho e gastronomia promovendo cursos de capacitação em universidades públicas, cursos de graduação, doutorados de pesquisa, mestrado. Outra novidade diz respeito à proibição de publicidade de bebidas alcoólicas, agora em vigor em determinados horários, que não se aplicariam ao vinho se o objeto dos comerciais não seja um produto específico para comercialização, e sim para a promoção geral do vinho como um alimento de qualidade e de produção nacional.

Fonte: https://www.federvini.it/news-cat/1136-la-cultura-del-vino-e-delle-eccellenze-gastronomiche-sara-materia-di-studio-nelle-scuole

Deixe um comentário