Baku, 7 de julho de 2019 – As “colinas do Prosecco de Conegliano e Valdobbiadene” juntaram-se à lista de patrimônio mundial da UNESCO

 

O Comitê do Patrimônio Mundial da UNESCO, reunido em Baku, no Azerbaijão, de 30 de junho a 10 de julho de 2019 para a 43a sessão, incluiu as “Colinas de Prosecco di Conegliano e Valdobbiadene” na lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO. As Colinas estão localizadas no nordeste da Itália e inclui parte da paisagem vitícola da Região de produção de Prosecco. A área é caracterizada por cadeias montanhosas, “ciglioni” (pequenas vinhas plantadas em terraços), florestas, aldeias e outras culturas. Durante séculos, esses solos duros foram moldados e adaptados pelo homem e, desde o século XVII, o uso das cristas (topo das Colinas) criou uma paisagem de tabuleiro de xadrez feita de fileiras de videiras paralelas e verticais às encostas. No século XIX, a técnica da “bellussera” (um sistema de cultivo das videiras dispostas radialmente graças ao suporte de postes de madeira conectados uns aos outros) contribuiu para as características estéticas da paisagem.

 

O Comitê reconheceu o valor universal extraordinário das “Colinas de Prosecco di Conegliano e Valdobbiadene” e destacou como a proteção da paisagem rural é garantida em particular pelas regras de produção de Conegliano Valdobbiadene Prosecco Superiore DOCG, que promove a manutenção de vinhas, dos“ciglioni” e outras características fundamentais para a preservação das tradições locais e a proteção da biodiversidade e dos ecossistemas associados.

Fonte: https://blog.xtrawine.com

Deixe um comentário