Exibindo todos 4 resultados

Hebo Toscana IGT Rosso 2017

R$570,00
Um vinho muito elegante e fino, que surpreende pela sua delicadeza e mostra a qualidade do trabalho do grande enólogo francês Pascal Chatonnet. O seu frescor deixa o vinho mais leve, e o uso do carvalho se revela sensacional por exaltar os sabores típicos provenientes tanto do terroir como das uvas. Delicioso e pronto para beber agora! Harmonização: Costela de boi assada com batatas, tagliatelle à bolonhesa, fígado à Veneziana com cebola e vinho tinto, ossobuco com molho de tomate, polpettone al sugo. Pontuação:
  • James Suckling: 92 pontos

Colle Al Fico Syrah Toscana IGT Rosso 2016

R$1.000,00
O Syrah do Maremma é muito mais elegante e complexo do que o da Sicília. Petra nos mostra toda a sua sabedoria na vinificação, e nos apresenta um vinho pronto, mas ainda com muito potencial para se expressar, e que provavelmente atingirá sua plena maturidade em 5 a 6 anos. Definitivamente, um vinho prestigioso para ter na adega. Fascinante! Harmonização: Polenta com ossobuco, pernil de cordeiro assado com ervas aromáticas, leitão pururuca, rabada, costela assada com molho barbecue e legumes. Pontuação:
  • James Suckling: 94 pontos

Quercegobbe Merlot Toscana IGT Rosso 2016

R$1.020,00
Um vinho suntuoso: um grande Merlot de Bordeaux produzido na Toscana! A presença do renomado enólogo francês Pascal Chatonnet certamente transformou os vinhos de Petra, elevando-os a um nível excepcional. Apesar de já estar pronto, em 10 anos atingirá sua plena maturidade, e em 20 será certamente uma verdadeira obra-prima. Um vinho que merece estar na adega de qualquer enófilo ou colecionador, assim como a obra de um artista famoso. Magnífico! Harmonização: Carne vermelha assada, fettuccine com ragu de carne, carne de caça com polenta, peito de pato flambado com cogumelos, costela de cordeiro grelhada com molho de hortelã. Pontuação:
  • James Suckling: 94 pontos

Petra Toscana IGT Rosso 2015

R$1.700,00
Um vinho incrivelmente requintado, com um tanino presente, mas aveludado, que revela estar pronto para beber e evoluir com o tempo, podendo ser guardado por mais de 10 anos. Definitivamente, é muito mais do que um “Supertoscano”: a mão francesa do grande enólogo Pascal Chatonnet, que o criou, se percebe, e muito, em sua extrema delicadeza e elegantes notas herbáceas. Uma verdadeira obra-prima! Harmonização: Costela assada com batatas, maminha cozida no vinho com legumes assados, tagliatelle com ragu de pato, língua de boi cozida com mostarda de Cremona. Pontuação:
  • James Suckling: 93 pontos